É o ano do acesso?

Londrina chega forte na reta final e torcedor sonha com acesso

Salve Nação Alviceleste!

A vitória da última sexta-feira contra o Vila Nova/GO teve contornos dramáticos, o empate do adversário aos 43 do segundo tempo, após virada relâmpago poderia ter acabado, ou ao menos atrapalhado, os planos de acesso da equipe Alviceleste, mas a “malandragem” de Paulinho Moccelin ao provocar o goleiro e conseguir um pênalti no último lance da partida em que Dagoberto, um gênio da bola, converteu e a maturidade da equipe frente aos momentos adversos do jogo, credenciam o Londrina mais até do que em anos anteriores ao acesso.

A diferença para o G4 é de apenas três pontos faltando 5 rodadas, vencendo 4 partidas, ao meu ver subiremos, são inúmeros os confrontos diretos até o final da competição, contudo o Alviceleste tem nova decisão no próximo sábado, a partida contra o Avaí, na Ressacada, pode colocar o Tubarão no G4 e mais, pode nos deixar a apenas 2 pontos da equipe catarinense que hoje é a segunda colocada e que possui a tabela mais complicada nessa reta final, vamos jogo a jogo pensando nos três pontos para ao fim dessa Série B poder comemorar.

O torcedor espera não bater na trave mais uma vez e sinceramente acredito que este ano será diferente, a consistência tática que Roberto Fonseca deu ao time e a segurança/confiança com que os atletas desempenham suas funções em campo é algo que há muito tempo o torcedor não via, para o treinador o Londrina resgatou aquilo que o torcedor queria, um time de brio, que luta do início ao fim e com isso temos boas chances de conseguir o tão sonhado acesso.

Dagoberto e Germano comemoram suada vitória frente ao Vila Nova/GO – Foto: Gustavo Oliveira/LEC

Aliado a isso está o torcedor, o Londrina é muito mais forte quando ele está ao seu lado, dificilmente o Tubarão conseguiria o resultado positivo se não fosse empurrado pelas quase 6 mil pessoas que estavam no Estádio do Café na última sexta-feira, você faz a diferença torcedor, com a equipe jogando o futebol que está jogando e nós empurrando nas arquibancadas, fica muito difícil nos vencer e nos aproximamos de um final feliz. Juntos conquistaremos o acesso. Tubarão na Série A em 2019? Eu Acredito!

Abaixo deixo a relação das últimas partidas dos clubes envolvidos na briga pelo acesso:

Fortaleza (61 pontos): Atlético/GO (F)*, CSA (C)*, Avaí (F)*, Juventude (C) e Coritiba (F);
Avaí (55 pontos): Londrina (C)*, Atlético/GO (F)*, Fortaleza (C)*, CSA (F)* e Ponte Preta (C)*;
CSA (54 pontos): Sampaio Corrêa (F), Fortaleza (F)*, Atlético/GO (C)*, Avaí (C)* e Juventude (F);
Goias (53 pontos): Criciúma (F), Sampaio Corrêa (C), Coritiba (F), Oeste (F) e Brasil de Pelotas (C);
Atlético/GO (51 pontos): Fortaleza (C)*, Avaí (C)*, CSA (F)*, São Bento (C) e Paysandu (F);
Vila Nova (51 pontos): Paysandu (C), Brasil de Pelotas (F), Figueirense (C), Criciúma (C) e São Bento (F);
Londrina (50 pontos): Avaí (F)*, Criciúma (C), Oeste (F), CRB (C) e Guarani (F);
Ponte Preta (47 pontos): São Bento (C), Boa Esporte (C), Juventude (F), Coritiba (C) e Avaí (F)*;

*Confrontos diretos

Para você, torcedor Alviceleste, quais as chances de acesso este ano?

Diego Rocha

Londrinense de corpo, alma e coração, apaixonado por futebol, pela festa nas arquibancadas e principalmente pelo Londrina Esporte Clube.


Esse conteúdo é de responsabilidade de seu autor(a).


Você tem que estar por dentro!
Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades no seu e-mail