Júri: Motorista acusada de matar duas pessoas é julgada em Londrina

Mulher estava embriagada ao volante. Acidente aconteceu em 2018.

Imagem: Reprodução/Justiça

A motorista acusada de provocar um acidente que causou a morte de dois rapazes em maio de 2018, próximo das avenidas Guilherme de Almeida com Dez de Dezembro, na região sul de Londrina, vai a júri popular nesta terça-feira (17). Daiane Cristina Freire, responde por homicídio qualificado com dolo eventual. Na ocasião ela estava embriagada e segundo a acusação, assim, teria assumido o risco de matar.

O acidente aconteceu por volta das 2h15, quando ela trafegava em um veículo Peugeot 2017 e colidiu fortemente na traseira de uma motocicleta em que estavam Eliede dos Santos Oliveira, de 42 anos, e Jean Goulart Camargo, de 26 anos, ambos morreram na hora. A força do impacto arremessou os dois por quase 40 metros.

Imagem: Reprodução

Após o acidente, ela passou pelo teste do bafômetro que indicou uma quantidade de bebida alcoólica treze vezes maior do que o limite tolerado pela lei. O veículo ainda estava em alta velocidade, registrando 82 km/h na via cuja velocidade máxima era de 60 km/h.

Na época, a acusada chegou a ser presa em flagrante pela Polícia Militar (PM), mas foi solta três dias depois, após o pagamento de fiança no valor de R$ 3.180.

Imagem: Reprodução

Familiares e amigos das vítimas se reúnem em frente ao Tribunal do Júri e pedem por justiça no caso.

Redação Tem



Você tem que estar por dentro!
Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades no seu e-mail