Rapaz que esfaqueou casal em motel alega legítima defesa

Ele continua preso.

Faca que teria sido usada para cometer o crime e foi apreendida pela polícia – Foto: Divulgação PM

A defesa do suspeito de esfaquear um casal, causando a morte do homem, em um motel na BR-369 em Londrina solicitou a justiça que ele seja solto. O homem, identificado como Indalécio Alexandre Linares dos Santos, está preso preventivamente.

Segundo a defesa, o suspeito teria sido sequestrado pelo casal e as facadas aconteceram porque ele estaria tentando se defender. Na solicitação feita a justiça, a defesa pede que Indalécio seja transferido da prisão para uma clínica psiquiátrica.

O homem morto foi identificado como Rodolfo Delamuta. A mulher, que ficou gravemente ferida, é Ligéia Fernanda Rodrigues Fernandes e segue internada na Santa Casa de Londrina.

Redação Tem



Você tem que estar por dentro!
Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades no seu e-mail