Líder da Otan fala em guerra na Europa e exige que Rússia recue

Imagem: Reprodução

O secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), Jens Stoltenberg, afirmou que o ataque da Rússia contra a Ucrânia “é um ato brutal de guerra” e exortou para que Moscou retire suas tropas do país vizinho.

“O que falávamos há meses aconteceu. É um momento grave para nós, a guerra está na Europa”, disse o representante em coletiva de imprensa, confirmando que haverá o reforço na defesa da Aliança.

Imagem: Reprodução

A Presidência da Ucrânia emitiu uma nota nesta quinta-feira (24) que “mais de 40 soldados ucranianos e cerca de 10 civis” foram mortos desde que os ataques da Rússia contra o país foram iniciados. Por isso, o presidente do país, Volodymyr Zelensky, fez um apelo para que os cidadãos doem sangue para ajudar os feridos, que seriam “dezenas” até o momento.

Redação Tem



Você tem que estar por dentro!
Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades no seu e-mail