Prefeitos do Paraná barram aumento de 12% da Sanepar; veja os municípios

O aumento de 12,13% na tarifa de água e esgoto autorizado a pedido da Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná), está causando uma série de polêmicas em todo o estado. Alguns prefeitos estão barrando o reajuste em seus municípios. Edson Vieira Brene (PR), prefeito de Bela Vista do Paraíso e Carlos Henrique Gomes (PSDB), conhecido como Delegado Caique, prefeito de Paranavaí, decidiram bloquear o aumento tarifário através de decretos municipais.

Prefeito de Bela Vista do Paraíso (à esquerda) e o prefeito de Paranavaí (à direita) – Fotos: Filipe Muniz/Fabiano Vaz Fracarolli

Para o prefeito de Bela Vista do Paraíso, região metropolitana de Londrina, as razões estariam no fato de que o contrato de concessão entre o município e a empresa está vencido desde 2018. De acordo com o líder do executivo municipal, não haveria previsão legal para aplicar o aumento.

Em Paranavaí, no noroeste do estado, o prefeito afirma que o atual reajuste “extrapola a inflação aferida nos últimos 12 meses”. O prefeito paranavaiense argumentou que o município teria competência legal para barrar o aumento, por ser tratar de uma cobrança vinculada à uma empresa estatal.

A Sanepar e o Governo do Estado do Paraná, ainda não se manifestaram sobre o assunto. Segundo apurou a reportagem do TEM, outros prefeitos da região de Londrina também avaliam a possibilidade de evitar o aumento.

Redação Tem



Você tem que estar por dentro!
Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades no seu e-mail