Ministério Público denuncia assassino de Hannan por latrocínio

Foto: Reprodução

O Ministério Público (MP), denunciou o jovem Fernando Inácio Andrade, de 21 anos, por latrocínio, que é o crime de roubo seguido de morte, em Londrina. Ele é réu-confesso do assassinato de Hannan Silva, também de 21 anos, encontrado morto na Praça Rocha Pombo, na área central da cidade. O rapaz foi assassinado na madrugada do dia 22 de outubro.

Segundo as investigações, o celular da vítima foi encontrado horas depois com o suspeito.

Após ser preso, o rapaz confessou o crime em depoimento ao delegado William Douglas Soares, que coordena o caso.

A polícia conseguiu provas de que o jovem Hannan Silva, que sonhava ser jornalista, estava fazendo entrevistas com garotos de programas naquele local. Ele tinha um canal no Youtube e havia prestado o vestibular da UEL.

Hannan foi morto na Praça, enquanto fazia entrevistas – Foto: Arquivo pessoal

O acusado também confessou a autoria do assassinato de Fabio Abila, encontrado morto no Bosque Central de Londrina, duas semanas antes. As investigações deste caso ainda estão em andamento.

Redação Tem


Você tem que estar por dentro!
Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades no seu e-mail