Nova variante de covid na África do Sul gera alerta em cientistas

Imagem: Reprodução

Uma nova cepa do coronavírus foi detectada na África do Sul, nesta quinta-feira  (25). Os cientistas responsáveis pela descoberta disseram que a variante, batizada de B.1.1.529, tem disseminação extremamente rápida. Ela apresenta uma  “constelação muito incomum” de mutações, que podem escapar da resposta imunológica do corpo e torná-la mais transmissível, afirmaram os profissionais da saúde, que ficaram bastante preocupados com a descoberta.

Os cientistas ainda disseram que a variante B.1.1.529 tem pelo menos dez mutações, em comparação com duas para Delta ou três para Beta. Até agora, se espalhou mais entre os jovens.

Gráfico de comparação da variante com a Delta e a Beta – Imagem: Reprodução

Para se ter uma ideia, as infecções diárias aumentaram de cerca de 100 no início do mês, para 1.200 na última quarta-feira (25).

No total desde o começo da pandemia foram registrados quase 3 milhões de casos e 89 mil mortes.

A África do Sul solicitou uma reunião urgente de um grupo de trabalho da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre a evolução do vírus. O país ainda diz que é cedo para pensar em restrições, mas acendeu o alerta.

Redação Tem



Você tem que estar por dentro!
Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades no seu e-mail