Operação interdita quatro distribuidoras por violação de decreto

Ao todo, 11 locais foram vistoriados.

Imagem: Divulgação

A prefeitura de Londrina prestou apoio à Polícia Militar, na noite desta quarta-feira (03), durante a realização da segunda Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) da semana. O trabalho contou com a presença da Guarda Municipal (GM) e de fiscais da Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), além de soldados do Corpo de Bombeiros e de policiais civis.

A operação teve início às 20 horas, na sede do 5º Batalhão de Polícia Militar. As equipes percorreram bairros das regiões sul e central. O objetivo foi atender as denúncias sobre estabelecimentos que estavam funcionando em desacordo com os decretos de combate à pandemia. Ao todo, 11 locais foram vistoriados pelas equipes, dos quais sete encontravam-se fechados e outros quatro foram flagrados abertos com alguma irregularidade.

Ao todo, foram lavrados quatro Autos de Infração e quatro Autos de Interdição, pela Vigilância Sanitária, para distribuidoras de bebidas. Outros quatro Autos foram emitidos pelo Corpo de Bombeiros para que os locais possam se adequar às normas básicas de segurança e sinalização. A Guarda Municipal (GM) lavrou seis Termos de Constatação para pessoas flagradas sem máscara, em desacordo com decreto municipal 1.049/2020 artigo 5º, e um Auto de Infração para flagrante de consumo de narguilé, proibido pelo Decreto 602/2020 artigo 3º.

A Guarda Municipal segue no apoio à fiscalização. As denúncias podem ser feitas para o telefone da Central 153, para a Polícia Militar do Paraná, pelo 190 ou ainda podem ser encaminhadas imagens e vídeos para o Whatsapp da Guarda Municipal, que é (43) 99995-0272. Quem for flagrado descumprindo as normas dos decretos poderá ser autuado e inclusive responder criminalmente.

Redação Tem com Assessoria



Você tem que estar por dentro!
Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades no seu e-mail