Londrina recebe o espetáculo ‘Móbile’ neste domingo na Vila Triolé

Imagem: Divulgação

Neste domingo (28), a Vila Triolé Cultural recebe a Cia Solagasta, pela primeira vez em Londrina. O grupo, de Maringá, vai apresentar o espetáculo “Móbile” às 19h na vila cultural, localizada na Rua Etienne Lenoir, 155, na região oeste de Londrina. A entrada do evento é gratuita, mas o espaço tem uma limitação de 40 lugares. A peça tem duração de 60 minutos.

E seguindo a tradição, ao final do espetáculo, a Vila Triolé vai passar o “chapéu” para que o público faça uma contribuição espontânea.

No roteiro, “Móbile” conta a história de dois palhaços que, juntos, irão descobrir o vínculo, o desafio e o cotidiano da parentalidade. A peça usa elementos de humor, reflexão e a identificação para explorar a comicidade como conexão com o público e o riso como abertura e acesso aos lugares escondidos, se tornando um potente elemento ao reconhecer as fragilidades humanas espelhadas na figura do palhaço.

O diretor, produtor e ator da peça, Mateus Moscheta, contou que durante o processo de criação do espetáculo, conversou com Ricardo Gimenes, amigo de longa data e também diretor e ator, sobre suas condições como pai, as dificuldades, alegrias e como a postura ia ao encontro com questões levantadas atualmente. “Logo veio a vontade de trabalharmos juntos. Pensamos em estender esse tema e fazer um projeto que contemplasse essa relação além da paternidade, e sim abraçando um conceito da parentalidade”, explicou.

O espetáculo foi desenvolvido em parceria com o grupo Lume Teatro de Campinas, através do Prêmio Aniceto Matti, sob orientação do Ricardo Puccetti, que assina a criação conjunta com Moscheta e Gimenes. Além de contar com o auxílio do psicanalista perinatal Eloá Vojciechovski Moscheta e do psicólogo e professor na Universidade Estadual de Maringá (UEM), Murilo Moscheta.

“Móbile” estreou em Maringá em novembro de 2023. As cinco apresentações integraram a contrapartida do Prêmio Aniceto Matti. Em 2024, essa será a primeira apresentação do grupo depois do término do contrato com o prêmio. Moscheta ainda deixou claro que pretende levar o espetáculo para outros festivais e em Campinas.

O espaço cultural é patrocinado pela Secretaria Municipal de Cultura, por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic).

Redação Tem Londrina com Assessoria



Você tem que estar por dentro!
Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades no seu e-mail