UEL e SETI garantem ferramenta para acesso virtual a 5 mil estudantes

Estudantes terão acesso ao conteúdo virtual sem consumo de dados móveis.

Foto: Reprodução

A Superintendência de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná (SETI) garantiu, nesta segunda-feira (29), a inclusão digital para 5 mil estudantes da UEL que necessitarem de apoio neste momento em que as atividades acadêmicas estão sendo retomadas de forma remota. A disponibilidade será garantida a partir do uso de uma ferramenta para acesso de conteúdo virtual sem o consumo de dados móveis do estudante, professor ou servidor cadastrado. O reitor Sérgio Carlos de Carvalho recebeu a confirmação por meio de comunicado do Superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Bona, após negociação que ocorreu nas últimas semanas.

A Assessoria de Tecnologia da Informação (ATI) da UEL deverá finalizar nos próximos dias os testes para disponibilizar o aplicativo para estudantes e professores. A tecnologia é compatível em qualquer telefone móvel, sistema Android ou em aparelhos iOS. O APP também pode ser acessado a partir de tablets, desde que tenham um chip 3G ou 4G, pré ou pós-pago.

Segundo o reitor, a proposta da SETI vem justamente no momento em que um dos desafios para a retomada das atividades é garantir a inclusão digital para estudantes que não tem acesso à uma internet de qualidade. Ele lembrou que, paralelamente, foi lançada uma campanha para doação de equipamentos que deverão ser cedidos temporariamente aos estudantes. Na outra ponta, a UEL poderá contar com internet gratuita para até 5 mil estudantes.

“É um avanço para a inclusão daqueles que não tem acesso. Isto vai contribuir muito para a retomada das atividades acadêmicas de forma remota e também para as aulas  presenciais restritas, que acontecerão em um segundo momento”, afirmou. O  reitor explicou que todo o esforço é para agregar os estudantes mais vulneráveis, grupos formados por exemplo por indígenas, apenados e por aqueles que não tem acesso à internet para dar sequência ao ciclo formativo.

Tecnologia

Segundo o diretor da ATI, Welington Cardador, a ferramenta é uma alternativa bastante acessível, que pode estar vinculada com qualquer telefone ou tablet, desde que contenha um Chip pelo menos 3G, de qualquer operadora. A ideia é proporcionar comunicação virtual, abrindo caminho para que professores e estudantes possam compartilhar conteúdo por meio virtual.

“O App está sendo adaptado, pretendemos evoluir de acordo com as necessidades que forem apontadas posteriormente por professores e alunos”, explica o diretor da ATI. Ele afirma que os testes estão praticamente concluídos. Tão logo termine essa fase, a UEL poderá liberar o acesso a estudantes e professores por meio de login e senha pessoais. A ferramenta oferece uma série de possibilidades como o uso da plataforma Moodle, acesso ao Portal do Estudante, Web Conferência e em uma segunda etapa poderá oferecer também a plataforma do Google G Suíte que incluí email, editor de texto, chat, formulário e agenda.

Na semana passada, o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) da UEL aprovou a retomada do calendário acadêmico e o retorno das atividades de graduação, por meio de ensino remoto emergencial, a partir desta segunda-feira (29), com um prazo flexível para implantação por parte dos colegiados de cursos. As aulas estavam suspensas desde 17 de março passado, por força de Ato Executivo da Reitoria, por conta da evolução dos casos da COVID-19 em Londrina e em todo o território nacional, como forma de evitar a disseminação do vírus.

Na prática os conselheiros aprovaram uma proposta elaborada pela Câmara de Graduação da UEL, que prevê um planejamento para o retorno das atividades, com intuito de garantir qualidade de ensino; inclusão social e segurança sanitária. De acordo com o texto aprovado pelo CEPE, o retorno se dará em três fases. Numa primeira etapa as atividades serão predominantemente não presenciais para todos os cursos e séries que tiverem condições de iniciarem as atividades.

Redação Tem com Agência UEL


Você tem que estar por dentro!
Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades no seu e-mail