Vereadores e prefeito tomam posse em sessão virtual na Câmara

Foto: Reprodução

Os 19 vereadores eleitos para a 18ª Legislatura da Câmara Municipal de Londrina (CML), assim como o prefeito e o vice-prefeito, tomaram posse nos novos cargos nesta sexta-feira (01), com mandatos válidos até 2024. Neste ano, porém, a cerimônia foi bem diferente, com o objetivo de evitar aglomerações e cumprir protocolos de controle da pandemia de covid-19.

Os parlamentares, o prefeito e o vice participaram da solenidade por meio de aplicativo de videoconferência, no mesmo modelo já utilizado desde abril de 2020 para as sessões e reuniões ordinárias do Legislativo Londrinense. A cada um deles foi permitido acompanhar a sessão de dentro de um dos gabinetes da Câmara, por computador. A CML restringiu a entrada ao prédio a apenas um acompanhante por eleito.

Prefeito Marcelo Belinati durante juramento – Foto: Vivian Honorato

A sessão, que começou perto das 18 horas, foi transmitida pelos canais da CML no Facebook e Youtube e presidida pela vereadora com mais idade entre os eleitos, Professora Sônia Gimenez (PSB). Conforme determina o Regimento Interno da Câmara de Londrina, também compuseram a mesa que dirigiu os trabalhos o vereador Ailton Nantes (PP), como primeiro secretário, pois o parlamentar representa o partido que obteve maior número de cadeiras na Casa; e a vereadora Mara Boca Aberta (Pros), como segunda secretária, pois foi a mais votada da legislatura. Primeiro foram empossados os vereadores e as vereadoras, que fizeram o juramento para iniciarem os mandatos e assinaram o termo de posse. Em seguida, os parlamentares empossaram o prefeito, Marcelo Belinati (PP), e o vice, João Mendonça.

Tomaram posse para a 18ª Legislatura (2021-2014) da Câmara os vereadores:

Beto Cambará (Podemos), Chavão (Patriota), Daniele Ziober (PP), Deivid Wisley (Pros), Eduardo Tominaga (DEM), Emanoel Gomes (Republicanos), Giovani Mattos (PSC), Jairo Tamura (PL), Jessicão (PP), Lenir de Assis (PT), Lu Oliveira (PL), Madureira (PTB), Mara Boca Aberta (Pros), Marinho (MDB), Matheus Thum (PP), Nantes (PP), Professora Flavia Cabral (PTB), Professora Sonia Gimenez (PSB) e Santão (PSC).

Em seus discursos, os vereadores e as vereadoras agradeceram a Deus, aos eleitores e pelo suporte emocional que receberam de suas famílias, além de criticarem a política sem compromisso com a ética. Os parlamentares também se solidarizaram com os familiares dos cerca de 200 mil mortos no país pela covid-19. Alguns enfatizaram ainda as causas defendidas durante a campanha eleitoral e os segmentos que os apoiaram.

Composição

Do total de vereadores da próxima legislatura, 13 (68,42%) darão início ao seu primeiro mandato e seis (31,57%) foram reeleitos. Entre os 19 empossados, sete são mulheres (36,84%), a maior proporção da história da Câmara de Londrina. Até então, as legislaturas com maior representatividade feminina haviam sido a 16ª (2013-2016) e a 13ª (2001-2004), com três vereadoras cada uma. A Câmara está em recesso e os trabalhos legislativos recomeçam a partir de 1º de fevereiro.

Mesa executiva

Após a cerimônia, aconteceu a eleição da Mesa Executiva que coordena os trabalhados da Casa. Em chapa única, o vereador Jairo Tamura (PL) foi eleito presidente da Câmara para o biênio 2021-2022. Tamura era líder do prefeito Marcelo Belinati (PP) até o ano passado e está no terceiro mandato.

Presidente: Jairo Tamura (PL)
Vice-presidente: Daniele Ziober (PP)
1º Secretário: Ailton Nantes (PP)
2º Secretário: Sonia Gimenez (PSB)
3º Secretário: Mara Boca Aberta (PROS)

Redação Tem com CML



Você tem que estar por dentro!
Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades no seu e-mail