Grande Londrina deve demitir cerca de 150 motoristas

Foto: Reprodução

A empresa TCGL (Transporte Coletivo Grande Londrina) pretende dispensar cerca de 150 motoristas devido ao processo de aprovação conforme o edital aprovado do transporte coletivo em Londrina. A empresa venceu a nova licitação para explorar a maior parte do serviço no município.

De acordo com o presidente do Sintrol (Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Londrina), a empresa já havia demitido 150 cobradores há cerca de três meses. Agora, deve reduzir a área operacional.

A TCGL opera atualmente 83% do serviço, e passará a atender 66%, já que a Londrisul, que hoje gerencia 17% do total, atenderá 34% a partir do próximo ano.

O valor da tarifa indicado pela TCGL durante a licitação foi de R$ 4,35.

Redação Tem


Você tem que estar por dentro!
Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades no seu e-mail