Do “Caçula-Gigante” ao “Destemido Tubarão”

Salve Nação Alviceleste!

Dia 05 de abril de 1956, exatos 62 anos atrás e surgia o Londrina Futebol Clube, que posteriormente se transformaria no Londrina Esporte Clube, em sua vitoriosa história estão títulos como a Taça de Prata de 1980 (atual Série B), a Copa da Primeira Liga, recente conquista contra grandes clubes do futebol brasileiro e quatro títulos estaduais (1962, 1981, 1992, 2014), bem como inúmeros momentos marcantes e que estão até hoje na memória do torcedor alviceleste.

Podemos lembrar (os mais jovens podem ver alguns vídeos no youtube, hahaha) da brilhante campanha de 1977/1978 na Série A, temporada na qual nasceu o “Tubarão”, ou do “abusado” Paulinho Canhão de Pinhal que beijou a taça de prata após marcar o terceiro do Alviceleste contra o CSA na decisão, ou comemorar junto ao gol de cabeça de Carlos Alberto Garcia, o bem-amado, contra o Grêmio Maringá, que nos deu o segundo título estadual. Se arrepiar relembrando o gol de Márcio Alcântara quase no último lance em 1992 contra o União Bandeirantes e que levou a decisão para a terceira partida, onde João Neves marcou e o Londrina se sagrou tricampeão paranaense.

São inúmeros momentos, como o “fantástico” gol do meia Nem contra o Iraty no VGD, gol que nem Pelé foi capaz de fazer, ou na virada histórica contra o Atlético/PR em 2014 e posterior título estadual decidido de forma dramática nos pênaltis contra o Maringá na casa do freguês, aos mais jovens a pele arrepia ao se lembrar da partida contra o Cruzeiro na semifinal da Primeira Liga, com gol nos acréscimos e vitória nos pênaltis, ou então a própria decisão nos pênaltis contra o Atlético/MG e que nos deu novamente um título de nível nacional.

Foto: Internet

Se fosse ficar citando todos os belos momentos da vitoriosa história do Londrina seria necessário escrever um livro, o objetivo deste texto além de homenagear de forma singela o Londrina é o de incitar o amor que cada torcedor sente por esse clube, por sua história e principalmente por se sentir parte do clube, pois tudo que foi conquistado pelo Londrina contou com a participação especial e fundamental do torcedor, ao completar mais um ano de vida é impossível que um “filme” relembrando tais momentos não passe pela cabeça do torcedor.

Assim como o mais belo hino diz “Caçula-gigante nasceste e hoje és o destemido Tubarão” e se fez assim por sua brilhante torcida que não te abandona jamais, um clube que após passar por momentos difíceis com más gestões, ressurgiu e hoje é novamente respeitado no cenário nacional, sendo apenas questão de tempo (espero que em 2019 estejamos lá) voltar à elite do futebol nacional.

Foto: Internetlec

Parabéns a um dos mais tradicionais clubes do país, parabéns a você torcedor, que nunca o abandonou e o fez voltar mais forte, parabéns a todos que de alguma maneira engrandeceram a história desse clube, enfim, parabéns Londrina Esporte Clube, você me orgulha a cada dia e me faz te amar cada vez mais, que tenha um brilhante futuro, cheio de conquistas e que faça seu torcedor continuar se orgulhando dessa camisa branca e azul que tanto já fez história, para nós tu serás sempre campeão.

E para você, torcedor alviceleste, qual outro momento marcou a sua história com o Londrina?

Diego Rocha

Londrinense de corpo, alma e coração, apaixonado por futebol, pela festa nas arquibancadas e principalmente pelo Londrina Esporte Clube.


Esse conteúdo é de responsabilidade de seu autor(a).


Você tem que estar por dentro!
Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades no seu e-mail