Cabo da PM morre vítima de complicações da covid em Londrina

Imagem: Arquivo pessoal

O cabo da Polícia Militar (PM) Marcelo Adriano de Oliveira, de 46 anos, faleceu nesta quinta-feira (10), vítima de complicações da covid-19. O militar estava internado e lutava contra a doença.

Segundo o 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Londrina, o cabo Adriano estava na corporação há 28 anos. Ingressando na PM em 1994. Atualmente ele trabalhava no setor administrativo.

Em nota de pesar, a PM lamenta a perda do policial e afirma que “nos seus 28 anos na Instituição deixou um legado de respeito, conhecimento, comprometimento, companheirismo, lealdade e preocupação com o servir. Com uma carreira e conduta ilibadas, sempre buscou exercer a profissão dentro dos ditames estabelecidos e em um padrão de excelência”.

Nas redes sociais, ele recebe diversas homenagens de amigos e familiares.

“Hoje o sol não brilhou, os pássaros não cantaram, os risos se calaram!
Hoje é um dia triste. Um dia de momentos dolorosos que dificilmente esquecerei. Perdemos um amigo que foi como um irmão para nós e é um grande sentimento de injustiça vê-lo partir cedo demais. […] Vou sentir saudades Marcelo Adriano de Oliveira e pensar em você todos os dias, e quando a tristeza for insuportável, pensarei em todas as nossas lindas lembranças! Pra quem tem fé a vida nunca tem fim”, escreveu um amigo.

“Eu te amo e vou te amar pra sempre, você ainda não realizou todos os seus sonhos, mas vou fazer questão de realizar por você, eu te amo demais! Obrigada por tudo, você é a pessoa mais especial da minha vida! Te amo te amo, cuida da gente ai de cima”, publicou a filha do policial.

Adriano, deixa a esposa e a filha.

Redação Tem



Você tem que estar por dentro!
Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades no seu e-mail