‘Muito do bem’, diz amigo de jovem de 23 anos vítima da covid em Londrina

Jovem ficou dez dias internado. 'Um rapaz humilde e trabalhador', disseram amigos.

Imagem: Arquivo pessoal

Nesta semana, o coronavírus fez a vítima mais jovem em Londrina. Se para muitos a pandemia atinge apenas os mais idosos, em menos de uma semana, a cidade viu dois londrinenses na faixa de 20 anos serem afetados por essa terrível doença.

Não há números. Mas sim vidas. Uma destas vidas é a de Luiz Henrique Gonzaga, de apenas 23 anos. Mesmo novo, ele era tido pelos amigos como um rapaz responsável e trabalhador. Pai querido e esposo amado, partiu jovem, porém deixou diversos ensinamentos.

Segundo um amigo, Luiz sempre estava ajudando os outros. “Ele era muito do bem. Sempre ajudando a todos, sempre preocupado. Mas se tinha algo que ele amava demais eram a esposa e as filhas. Ele vivia por elas”, conta o amigo. “Pensa num cara humilde, trabalhador. Ele era assim. Ainda não consigo acreditar que ele se foi. Mas sei que ele foi para um lugar melhor, está ao lado de Deus agora”, diz o amigo.

O jovem lutava contra o coronavírus desde o dia 08 de janeiro quando foi internado no Hospital Universitário (HU) e chegou a enviar uma foto para a família. Na sequência foi para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e após uma semana hospitalizado não resistiu.

“Ele era um ótimo amigo, sabe aquela pessoa que você contar. Foi sempre assim. Não acredito ainda. Era uma pessoa boa demais, mesmo tão jovem, trabalhava demais”, completa o amigo.

Jovem enviou última foto para a família – Imagem: Arquivo pessoal

Amigos, colegas e familiares ficaram consternados com a perda. Nas redes sociais, o rapaz recebeu diversas homenagens. Ele foi sepultado no Jardim da Saudade, na região norte da cidade.

Luiz deixa a esposa e duas filhas pequenas.

Redação Tem



Você tem que estar por dentro!
Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades no seu e-mail