MP denuncia líder de grupo religioso por estupro de vulnerável em Londrina

Foto: Reprodução/Nucria

A Polícia Civil finalizou as investigações sobre o caso do jovem, líder de um grupo evangélico, acusado de abusar de 13 adolescentes em Londrina. Vinicius Bozak de Castro, de 23 anos, foi denunciado pelo Ministério Público (MP) pelos crimes de estupro de vulnerável, produção pornográfica contra adolescente e importunação sexual. O rapaz está preso e segue detido por tempo indeterminado.

Ele é coordenador de um grupo de jovens de uma igreja localizada no Centro de Londrina, próximo à Avenida Leste-Oeste, e segundo as informações da polícia, utilizava-se do cargo e a aproximação com os adolescentes para praticar os abusos.

De acordo com a delegada do caso, Livia Pini, do Nucria (Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente), o jovem conquistava proximidade com familiares das vítimas, assim, conseguia dormir na casa dos garotos. Durante a noite, segundo relatos dos adolescentes, ele realizava as investidas.

Para alguns dos meninos os abusos seriam brincadeiras, diz a delegada. Muitos não entendiam o que acontecia, outros, no entanto, barravam as iniciativas. As comprovações vieram por meio de fotos e vídeos encontradas no celular do acusado e de algumas vítimas.

Redação Tem


Você tem que estar por dentro!
Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades no seu e-mail