COHAB inicia construção de empreendimento para população de baixa renda em Londrina

 Foto: COHAB Londrina

A Companhia de Habitação de Londrina (COHAB) iniciou, no mês passado, a construção do primeiro módulo de um empreendimento que visa atender 888 famílias londrinenses, com foco naquelas com renda familiar de até três salários mínimos. Trata-se do Portal do Manacá, localizado no Jardim Peroba Rosa, entre as ruas Anuar Caram, Abilio Justiniano de Queirós e Rudolf Keilhold, entre os conjuntos Semíramis Barros Braga e João Paz.

O empreendimento é composto por cinco módulos. O primeiro, já em construção, terá 240 unidades e já foi totalmente comercializado. A expectativa é que o primeiro módulo seja entregue em 12 meses. Cada apartamento possui 63,32 metros quadrados de área total, divididos em dois quartos, sala, cozinha e banheiro. Também conta com vagas de garagem interna e para visitantes, além de área de lazer com salão de festas, playground e guarita.

Cada unidade possui valor de financiamento aproximado de R$ 108 mil. Como possui subsídio do Governo Federal, de até R$ 36 mil, o financiamento pode girar em torno de R$ 70 mil, com parcelas entre R$ 300,00 e R$ 600,00 mensais. O empreendimento é voltado às famílias que se enquadram na faixa 1,5 e 2, do Programa Minha Casa Minha Vida.

As famílias que possuem cadastro na COHAB e que têm interesse no empreendimento podem entrar em contato com a companhia, pois o segundo módulo já está sendo comercializado. Mais informações sobre a documentação necessária podem ser obtidas no telefone 3315-2233, ou através do endereço eletrônico: http://www1.londrina.pr.gov.br/dados/images/stories/Storage/cohab/outros/Edital_Chamamento-Portal-Manaca.pdf. A COHAB está atendendo de segunda a sexta, das 8h30 às 1730, com horário marcado para atendimento presencial.

O presidente da COHAB-LD, Luiz Cândido de Oliveira, disse que o empreendimento vem para atender o anseio da falta de moradia habitacional voltada para a população de baixa renda. Segundo ele, o objetivo é proporcionar oportunidade para as famílias que possuem renda de até três salários, para que elas possam ter um imóvel de qualidade, com prestações que cabem no bolso, abaixo até dos valores cobrados em aluguel. “São apartamentos que possuem um padrão de qualidade muito bom e que em pouco tempo estarão valorizados. Dentro de um ano estimamos que o imóvel esteja valendo em torno de R$ 140 mil”, apontou.


Você tem que estar por dentro!
Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades no seu e-mail