‘Lua de Sangue’ terá observação gratuita com telescópios em Londrina

Fenômeno acontecerá neste final de semana. Saiba como participar.

Imagem: Reprodução

Um belo e raro fenômeno enfeitará o céu entre a noite deste domingo (15), a partir das 23h27, e o início da madrugada de segunda-feira (16). A ‘Lua de Sangue’ poderá ser observada facilmente em todas as regiões do Brasil, inclusive em Londrina, que terá um evento aberto à população na Praça Nishinomiya.

Para acompanhar o fenômeno, o Grupo de Estudo e Divulgação de Astronomia de Londrina (Gedal) vai disponibilizar vários telescópios para a população na praça localizada em frente ao Aeroporto. De acordo com os astrônomos, a partir das 23h30 de domingo, os interessados poderão acompanhar o belíssimo efeito no céu.

De acordo com a astrônoma Josina Nascimento, do Observatório Nacional, o evento durará pouco mais de três horas, encerrando-se às 2h55. “O ponto máximo, quando a Lua estará completamente coberta pela sombra da Terra será exatamente à 1h11, no horário de Brasília”, diz a cientista.

“A grande vantagem desse eclipse, que chamo de triplo total, é que, além de ser um eclipse total da lua, será totalmente visível em todo o Brasil. O país inteiro verá o eclipse do início ao fim, em todas suas fases, na sequência penumbral, parcial, total, e depois retornando à parcial e à penumbral”, explica. Segundo ela, o próximo eclipse desse tipo, em que todas as etapas podem ser apreciadas de qualquer região, só ocorrerá em junho de 2029. “Até lá, teremos vários eclipses parciais”, tranquilizou a astrônoma.

Quem não puder ir até a Praça Nishinomiya poderá acompanhar a transmissão que será realizada pelo canal do Gedal na plataforma do Youtube.

Se o tempo estiver instável, o evento será cancelado.

Redação Tem



Você tem que estar por dentro!
Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades no seu e-mail