Governo quer reduzir jornada e salário de trabalhadores do serviço público

Foto: Reprodução

O governo federal vai defender que a proposta de emenda constitucional 438/2018, de autoria do deputado Pedro Paulo (DEM-RJ) tenha um artigo que autorize a redução da jornada de trabalho dos servidores públicos, com consequente redução de salário, quando houver necessidade de ajustes das contas.

A informação foi passada ao site Valor Econômico por uma fonte credenciada do Ministério da Economia.

Um artigo da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) permite a redução, mas ele está sendo questionado no Supremo Tribunal Federal (STF) desde 2000.

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, deu parecer que considera o artigo inconstitucional. A possibilidade de reduzir a jornada e o salário de servidor, por um tempo determinado, pretende o governo a cumprir o teto de gastos.

A despesa com pessoal é a segunda maior do Orçamento da União. A primeira são os benefícios previdenciários. Com a reforma da Previdência, o ritmo de crescimento dos gastos previdenciários vai reduzir até que se estabilize em torno de 8,5% do Produto Interno Bruto (PIB) por volta de 2022, de acordo com cálculos do Ministério da Economia.

Redação Tem com Valor


Você tem que estar por dentro!
Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades no seu e-mail