Audiência Pública debate aumento da carga horária do ensino em Londrina

O aumento da carga horária dos alunos do ensino fundamental da rede municipal de ensino de Londrina pode acontecer antes do previsto. A intenção era aplicar a medida no ano que vem. Mas, de acordo com a secretária de Educação, Maria Tereza Paschoal, o prefeito Marcelo Belinati (PP) pediu para que fosse antecipada a mudança. Para muitos educadores, a ampliação da jornada não vai aumentar salários na mesma proporção, informação negada pela chefe da pasta.

Com a medida, a Prefeitura de Londrina reduz as horas extras e incluiria a hora na jornada de trabalho, sendo em vez de 20 para 30 horas semanais. A classe dos professores também diz que a nova jornada seria adotada por decreto e não por meio de projeto de lei, o que impossibilitaria debate na câmara.

Para sanar as dúvidas, o vereador Amauri Cardoso (PSDB), presidente da Comissão de Educação, Cultura e Desporto, convocou uma reunião pública, na Câmara Municipal, nesta segunda-feira (30), às 19h, com o objetivo de ouvir o executivo e os professores.

 



Você tem que estar por dentro!
Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades no seu e-mail