Atleta de Londrina vence Copa América de ciclismo Downhill pela 5ª vez

Imagem: Sergio Shibuya/Divulgação

A atleta de BMX, Julia Alves, brilhou neste fim de semana. A integrante da Seleção Brasileira conquistou o primeiro lugar na Copa América de Downhill, em São Roque (SP). Ela venceu com o tempo de 55s667, sagrando-se pentacampeã da competição. Os outros títulos haviam sido nos anos de 2014, 2015, 2016 e 2019.

Alves voltou a competir recentemente por Londrina, sendo este o seu primeiro compromisso representando a cidade. A atleta integra o projeto Londrina BMX Clube, apoiado pela Prefeitura de Londrina, por meio da Fundação de Esportes de Londrina (FEL).

Segundo a jovem, foi gratificante representar o município. “Em 2011 foi o último ano em que competi por Londrina. Eu sempre quis voltar para a cidade para poder representar o pessoal daqui e fortalecer a modalidade. E agora que voltei, vejo que todo mundo está empenhado para fazer o esporte crescer. Foi muito gratificante mesmo levar o nome da cidade ao topo do evento”, frisou.

Imagem: Divulgação

Sobre o resultado, a atleta o considerou dentro das expectativas. “Por mais que eu não tenha tanto contato com essa modalidade, o downhill, eu já esperava fazer uma boa prova, por ser uma pista que já conheço há muito tempo, foram sete anos competindo. Eu já esperava que eu fosse realizar um bom trabalho. Em relação ao resultado, eu nunca subestimei as outras adversárias, mas eu sempre confiei em meu potencial e acreditei que poderia sair de lá realizada”, contou.

Agora, Julia Alves volta seus treinos para outras competições. “No momento, vou retomar os meus treinos no BMX. Em março, possivelmente participarei de uma prova na Colômbia. Depois, o foco total são as quatro etapas da Copa do Mundo, que acontece em maio, contando pontuação para o ranking olímpico”, concluiu.

Imagem: Reprodução/Assessoria

O presidente do Londrina BMX Clube, Ed Mike Gasolli Perez, também comemorou a vitória da jovem atleta. “O Londrina BMX Clube sente muito orgulho em ter a Julia no nosso time e em Londrina. Agradeço ao empenho da Confederação Brasileira de Ciclismo e ao Comitê Olímpico do Brasil de mantê-la em alto nível com investimentos na atleta e na estrutura de treinos. E claro, agradeço aos esforços da Prefeitura em projetos provenientes do Fundo de Incentivo a Projetos Esportivos (FEIPE), que fomentam a ajuda em atletas e na base do esporte”, concluiu.

Redação Tem



Você tem que estar por dentro!
Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades no seu e-mail