Uma história de amor ao LEC; ‘Seu Edson’ do VGD morre aos 69 anos

Funcionário mais antigo do LEC, ele dava nome ao memorial do clube.

Edson era torcedor símbolo do Tubarão – Foto: Reprodução/TVLEC

Morreu na madrugada desta terça-feira (31) o ícone do Londrina Esporte Clube (LEC) Edson Henrique dos Santos aos 69 anos. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Universitário (HU) desde sábado (28), vítima de infarto.

Edson era conhecido pela paixão pelo LEC, onde trabalhava há mais de três décadas e era o funcionário mais antigo. Atualmente, administrava o estádio Vitorino Gonçalves Dias (VGD). O memorial do Londrina, com mais de 400 itens históricos do Tubarão, foi batizado com o nome dele.

Ainda não há informações sobre o velório e o sepultamento.

Uma história de amor ao LEC

Edson Henrique dos Santos foi um dos funcionários mais queridos e exemplares da história do Londrina Esporte Clube. Vestiu com orgulho a camisa durante mais de 30 anos. Nasceu em 13 de março de 1951, em Cornélio Procópio, no norte pioneiro do Paraná.

Exerceu várias funções no clube. Motorista, zelador, administrador. Pró-ativo, sempre foi um “faz-tudo”. Atualmente, era o administrador do VGD, local que cuidava com grande carinho. Não só do patrimônio, mas também de todas as pessoas à sua volta.

Memorial criado em 2017 leva seu nome – Foto: LEC

Em anos anteriores, principalmente em um dos momentos de maior crise do clube, era dele a iniciativa em sair pela cidade em busca de mantimentos e itens básicos para que jogadores e funcionários pudessem trabalhar com dignidade.

Participou diretamente na formação de vários atletas do clube. Dentre eles, o ídolo Germano (ex-volante, que hoje é executivo de futebol do clube).

Aos 69 anos, Edson deixa esposa, um filho e uma neta. 

Redação Tem com Assessoria


Você tem que estar por dentro!
Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades no seu e-mail