Jovem atacada com soda cáustica recebe alta e deixa o HU de Londrina

Isabelly Ferreira deixou o hospital.

Imagem: Arquivo pessoal

Isabelly Ferreira Moro, de 23 anos, jovem que foi atacada com soda cáustica em Jacarezinho, no Norte Pioneiro, recebeu alta no Hospital Universitário (HU) de Londrina, neste sábado (8). A informação foi confirmada pelo hospital londrinense. A vítima ficou internada 17 dias no Centro de Tratamento de Queimados do HU com ferimentos considerados graves.

Ela foi atingida no rosto pela solução corrosiva na tarde de 22 de maio. As imagens da jovem desesperada após o ataque foram gravadas por uma câmera de segurança.

A autora do crime foi presa no dia seguinte, alegando ter praticado o atentado por ciúmes.

Na quinta-feira (6), o Ministério Público do Paraná (MPPR) ofereceu denúncia contra a acusada por tentativa de homicídio. Segundo o órgão, Isabelly é ex-namorada do atual da agressora.

A denúncia, apresentada pela Promotoria de Justiça, aponta as qualificadoras de uso de recurso que dificultou a defesa da vítima, motivo fútil (ciúmes), emprego de meio cruel e feminicídio (crime praticado conta mulher por razões da condição do sexo feminino).

A mulher continua presa na Cadeia Pública de Santo Antônio da Platina.

Redação Tem Londrina


Você tem que estar por dentro!
Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades no seu e-mail