VÍDEO: aglomerações em praia artificial no Paraná geram revolta na web

Vídeo assusta com o número de pessoas em plena pandemia. Cidade estima cerca de 18 mil turistas.

Foto: Reprodução

Vídeos que circulam pela internet mostram inúmeras aglomerações a cidade de Porto Rico, no Noroeste do Paraná. As imagens são deste fim de semana, e mesmo com a pandemia do novo coronavírus, a prefeitura da cidade estima que a cidade recebeu de 15 a 18 mil turistas. Vídeos causaram revolta nos internautas. (Veja um dos vídeos abaixo).

O local tem várias praias artificiais de água doce, que são chamados pelos visitantes por ‘prainhas’. Nas cenas, os turistas aparecem sem demonstrar qualquer preocupação com a pandemia. Ninguém utiliza máscaras, todos estão juntos e se abraçando próximo de lanchas, barcos e jetskis.

Veja o vídeo:

Ministério Público

O Ministério Público (MP) enviou ao prefeito de Porto Rico, Evaristo Ghizoni (PTB), um ofício recomendando o fechamento das rampas náuticas que dão acesso às chamadas “praias de água doce”, localizadas às margens do Rio Paraná. Neste domingo (06), as rampas chegaram a ser interditadas, mas depois foram liberadas. O prefeito afirmou que não havia condição de editar um decreto às pressas. 

De acordo com o prefeito, a decisão foi tomada junto ao comitê de enfrentamento à covid-19 e o Ministério Público foi comunicado. A maioria dos turistas é da região noroeste, principalmente da cidade de Maringá.

Redação Tem com TNOnline



Você tem que estar por dentro!
Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades no seu e-mail