Polícia Civil fecha fábrica que falsificava álcool em gel no Paraná

Pena pode chegar a 15 anos de detenção.

Polícia Civil fecha fábrica que falsificava álcool em gel – Foto: Polícia Civil

Cinco pessoas foram presas nesta terça-feira (24) por fabricarem álcool em gel falsificado em Curitiba. A ação da PCPR (Polícia Civil do Paraná) encerrou as atividades na fábrica, que destinava os produtos á venda em Curitiba e região metropolitana.

Só que o produto falsificado era colocado em rótulos de outras empresas e vendido como álcool em gel dessas companhias. As mesmas ao descobrirem o esquema fraudulento fizeram a denúncia para a Polícia Civil.

Foram apreendidos cerca de 50 produtos em uma residência, no bairro Sítio Cercado, em Curitiba. Três homens foram presos no local e informaram aos agentes o endereço da fábrica, além de confirmarem que as vendas eram feitas na residências e também por delivery.

A fábrica estava sediada em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, sendo que os policiais encontraram no local dezenas de toneis, insumos para a fabricação do produto falsificado, além das etiquetas e embalagens usadas na fraude. Foram presos um homem e uma mulher dentro da indústria.

“Todos eles foram autuados pelos crimes de estelionato, falsificação de produtos medicinais e crime contra a saúde pública, que somados podem resultar em pena de até 15 anos”, explicou o delegado Rinaldo Ivanike, responsável por conduzir as investigações.

Redação Tem com Portal Paraná


Você tem que estar por dentro!
Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades no seu e-mail