Maringá confirma primeiras duas mortes por coronavírus

Foto: Reprodução

Duas pessoas morreram vítimas do novo coronavírus em Maringá, segundo a prefeitura. As vítimas eram um homem, de 84 anos, e uma mulher de 54 anos, e são as primeiras mortes do estado. As informações foram anunciadas nesta sexta-feira (27).

Mesmo com a confirmação do município, a Secretaria do Estado da Saúde (SESA) não divulgou boletim informando sobre esses casos. Os dados estaduais ainda serão divulgados. Já o Ministério da Saúde confirma as duas mortes.

No total, ainda segundo o município, nove pessoas foram infectadas pelo vírus, três delas estão em isolamento domiciliar e duas estão curadas, tiveram alta do isolamento.

O secretário municipal de Saúde Jair Biatto afirmou que as vítimas que morreram em razão da doença foram infectadas pelo novo coronavírus em território nacional.

A vítima de 84 anos, Belchior Martins, sofria de hipertensão e passou a apresentar os sintomas do novo coronavírus no dia 15 deste mês. Conforme a prefeitura, a filha dele chegou da Espanha no início do mês com sintomas da doença.

Belchior Martins morreu na madrugada desta sexta-feira (27) e, conforme a família, foi enterrado às 10h30. Não houve velório.

A família do idoso reclamou da demora do resultado do exame. Os parentes afirmam que Belchior e o filho dele, que também foi contaminado pelo novo coronavírus, fizeram exames nos mesmo dia, mas que apenas o resultado do tio foi divulgado.

A outra vítima é uma mulher de 54 anos, que segundo a prefeitura era diabética e hipertensa. Ela, segundo a prefeitura, teve o início dos sintomas no dia 14 de março e estava internada no Hospital Metropolitano de Sarandi. A vítima também foi infectada dentro do país, ela fez uma viagem para outra cidade. O destino não foi revelado.

Ainda de acordo com Biatto, Maringá tem um total de 50 pacientes internados com sintomas compatíveis com Covid-19, no entanto ainda precisam da comprovação de exames. Desse total de casos, 19 são crianças, segundo o secretário – cinco delas estão internadas em UTIs.

Além disso, segundo a secretaria municipal, há outras 60 pessoas que estão em isolamento domiciliar com suspeita da doença.

A primeira confirmação de Covid-19 em Maringá foi anunciada em 18 de março.

Redação Tem com G1


Você tem que estar por dentro!
Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades no seu e-mail