Dois deputados de Londrina votaram contra retirada dos professores da Reforma

Dois deputados paranaenses votaram contra a que retira os professores da Reforma da Previdência, durante a votação ocorrida nesta quarta-feira (10) em Brasília. No texto-base da matéria, que foi aprovado com 379 votos, os quatros deputados que representam a cidade votaram favoráveis.

Dos 25 representantes do estado presentes na Câmara no momento da votação, apenas 12 deputados votaram favoráveis a inclusão da emenda.

Londrina

Dos deputados londrinenses, os parlamentares Boca Aberta (PROS) e Luisa Canziani (PTB) votaram favoráveis à emenda que retirava os professores do novo modelo. Os deputados Filipe Barros (PSL) e Diego Garcia (PODE) votaram contra os professores.

Os paranaenses votaram assim:

A favor: Boca Aberta (Pros), Enio Verri (PT), Giacobo (PL), Gleisi Hoffmann,(PT), Gustavo Fruet (PDT), Leandre (PV), Luciano Ducci (PSB), Luisa Canziani (PTB), Luiz Nishimori (PL), Luizão Goulart (PRB), Rubens Bueno (PPS), Sargento Fahur (PSD).

Contra: Aline Sleutjes (PSL), Aroldo Martins (PRB), Christiane Yared (PL), Diego Garcia (Pode), Evandro Roman (PSD), Felipe Francischini (PSL), Filipe Barros (PSL), Paulo Eduardo Martins (PSC), Reinhold Stephanes Junior (PSD), Ricardo Barros (PP), Schiavinato (PP), Toninho Wandscheer (Pros), Vermelho (PSD).

Errata

Anteriormente o TEM publicou que a deputada Luisa Canziani havia votado contra a emenda, estava errado. A parlamentar votou favorável ao documento que defendia os professores.

Leia mais:

Redação Tem


Você tem que estar por dentro!
Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades no seu e-mail